Entenda a importância do tratamento das doenças periodontais

Periodontia é a especialidade odontológica que estuda e trata as doenças do sistema de implantação e suporte dos dentes. As alterações patológicas do periodonto são chamadas doenças periodontais. As mais frequentes são as gengivites e periodontites e tratam-se de inflamações causadas por placa bacteriana (tártaro).

 A doença periodontal é uma doença que se caracteriza como um conjunto de condições inflamatórias, de caráter crônico, e de origem bacteriana, que começa afetando o tecido gengival e pode levar, com o tempo, à perda dos tecidos de suporte dos dentes.

São alguns dos sintomas o sangramento fácil da gengiva durante a escovação ou uso de fio dental, gengiva inchada, vermelha ou dolorida, mau hálito persistente ou gosto ruim na boca, dente amolecido, dores agudas ao mastigar os alimentos, dentes sensíveis e entre outros.

Caso a placa não seja removida por meio de escovação ou pelo uso diário do fio dental, ela se transforma em tártaro, que possui uma superfície áspera e facilitando a retenção de mais placa. As bactérias dessas regiões podem infectar a gengiva e dentes, induzindo a perda de osso.

Existem três estágios da doença periodontal:

  • Gengivite- Esse é o primeiro estágio da doença. É a inflamação da gengiva, causada pela placa bacteriana. É possível observar vermelhidão ou inchaço da gengiva ou até sangramento durante a escovação ou uso do fio dental. Nesse primeiro estágio, a doença periodontal pode ser revertida desde que o osso e os ligamentos periodontais que seguram o dente no lugar não tenham sido afetados.

Leia mais sobre gengivite aqui.

  • Periodontite- Nesse estágio, o osso de apoio e as fibras que seguram os dentes no lugar estão irreversivelmente danificadas. A gengiva começa a formar uma bolsa embaixo da margem gengival, que favorece o crescimento da placa. Um tratamento periodontal adequado e melhoria da higiene bucal normalmente ajudam a evitar mais danos à gengiva, aos tecidos de suporte e ao osso.
  • Periodontite avançada - Nesse estágio mais avançado da doença periodontal, as fibras e o osso dos seus dentes estão sendo destruídos, e isso pode fazer com que o seu dente se movimente ou fique mole. Isso pode afetar a sua mordida e a forma como você se alimenta ou se comunica. Se o tratamento periodontal não puder salvá-los, os dentes deverão ter que ser extraídos.