Saiba os cuidados que devem ser tomados com o dente de leite

Os dentes de leitedentes decíduos ou dentição temporária – são os primeiros dentes que nascem na carga dentária de um ser humano e de outros mamíferos. Esses dentes são compostos por estruturas um tanto semelhantes aos presentes nos dentes permanentes, aqueles que nascem posteriormente e os substituem. As crianças possuem, em geral, 20 deles – dez na arcada superior e os outros dez na carcada inferior. Os dois dentes não são os mesmos e seu formato anatômico e tamanho também são diferentes.

A vinda dos dentes é uma ocorrência natural e fisiológica e alguns distúrbios podem aparecer nesse período, mas nem sempre estão relacionados com a erupção dentária. O que pode ser observado nos bebês são irritabilidade, salivação aumentada, febre, diarreia, gengivite, redução do apetite, erupções cutâneas, tosse e vômitos, corrimento nasal, apatia e perturbações gastrointestinais. Para amenizar a dor e irritação nos bebês, os mordedores de borracha ou silicone são ideais.

A queda do dente de leite

O dente de leite cai porque a sua raiz foi destruída pelo dente permanente que está por baixo. Se não existir o dente permanente, então o dente de leite fica na boca. Após a queda de um dente de leite, a espera para que o dente permanente apareça é de três a seis meses. No entanto, é preciso quase um ano para ele crescer totalmente.

Normalmente os dentes de leite começam a cair, entre 4 e 6 anos de idade. Neste período caem os incisivos inferiores e superiores. Já entre 8 e 10 anos, os molares cairão. Os caninos, entre 10 e 13 anos. Uma boa medida é visitar o dentista para verificar eventuais problemas de má formação ou má posição.

 

Alimentação

Com relação aos alimentos e vitaminas, o flúor é um elemento químico que ajuda a fortalecer os dentes da criança.

Além disso, alimentos duros e fibrosos como maçã, cenoura, pera também se tornam boas opções à medida que a criança começa a aprender a mastigar, já que a mastigação orienta o posicionamento adequado para a erupção dos dentes permanentes nos arcos dentários. 

Refrigerantes e sucos de caixinhas devem ser evitados, já que essas bebidas são ricas em açúcar e podem causar cáries. Água, chás ou sucos naturais, sempre sem açúcar, devem ser priorizados. Bolachas e salgadinhos também devem ser evitados, pois costumam ter um alto teor de açúcar, sódio e gordura e baixo teor nutritivo.

Escovação

A escovação infantil deve sempre ser feita com auxílio de um responsável. O uso de uma pequena quantidade de creme dental infantil com flúor é fundamental para manter os dentes saudáveis e sem cárie. O uso de uma escova macia e de cabeça pequena é de extrema importância, já que esta ajuda a alcançar todos os locais da boca. Além dos dentes, a língua também deve ser escovada. O uso do fio dental é fundamental. Intensifique os resultados substituindo o fio dental pelo irrigador oral Waterpik. Clique aqui para saber mais sobre os produtos.