Consequências do cigarro para os dentes

 

 Muitas substâncias, aproximadamente 4.720 são inaladas e absorvidas pelo organismo ao fumar um cigarro, e todas elas com características nocivas. Em longo prazo podem causar diversos problemas respiratórios e cardíacos que já são conhecidos, mas a dúvida agora é sobre as consequências para a saúde bucal, já que a boca é a porta de entrada dessa fumaça tóxica.

 Cigarros, charutos, maconha e outros produtos com tabaco causam diversas consequências e prejudicam a sua saúde bucal, podendo inclusive desenvolver câncer oral. Veja os principais problemas:

 

- Mau hálito: A halitose pode ser causada pelos odores da fumaça que se concentram na boca e são expelidos junto com a fala e respiração, ou também pela diminuição de saliva causada por algumas substâncias do cigarro, o que dificulta a limpeza fisiológica da boca realizada pela saliva.

 

- Boca Seca: Como já citado acima, algumas substâncias causam a diminuição do fluxo salivar e que pode dificultar a mastigação, deglutição, fonação e até desenvolver feridas e fissuras na boca e na língua por deixar a mucosa mais sensível.

 

- Mudança no paladar: Fumar pode causar atrofia nas papilas gustativas, e consequentemente mudança em seu paladar, ou seja, alterações nos sabores dos alimentos.  

 

- Manchas: A nicotina é a principal responsável pelas manchas e escurecimento dos dentes. Ao ser inalada, se concentra nas superfícies dos dentes que causam a pigmentação acastanhada, e a nicotina também estimula a produção de melanina que causa a mancha nas gengivas e bochechas.

 

- Cáries: Há relação entre a falta de saliva, acúmulo de placa e má higiene bucal em favorecer a ação de bactérias cariogênicas.

 

- Doenças periodontais: O acúmulo de placa causado pelo cigarro pode se agravar para uma doença periodontal por conta das bactérias tóxicas que se acumulam e causam as infecções nas gengivas.

 

- Perda dos dentes: Na doença periodontal, a inflamação pode ser grave ao ponto de expor a raiz dos dentes, causar mobilidade e por fim a perda. Portanto, o cigarro também pode prejudicar os implantes dentários e protocolos, pois a fixação não será mantida em casos de periodontite.

 

- Câncer: 90% dos óbitos por câncer na cavidade bucal são de pessoas fumantes, e apesar de não ter uma causa comprovada para o câncer, a relação nos mostra os riscos. Além do câncer de boca, o fumo está relacionado também com o câncer de faringe, laringe e esôfago.

 

  A prevenção para estes problemas é simples: interromper o tabagismo. Mas em paralelo, é ideal realizar visitas frequentes ao dentista para acompanhamento da saúde bucal em geral, realizar os tratamentos necessários, praticar uma alimentação saudável e manter uma higiene bucal rigorosa.

  A Waterpik se dedica em promover Saúde Bucal e expõe os malefícios do fumo para conscientizar a população. Reduzir e parar com o cigarro é a melhor opção, mas para manter a sua higiene bucal em dia e evitar cáries, doenças periodontais e mau hálito, adquira o seu Irrigador Oral Waterpik.