Bruxismo: Descubra seus tipos, sintomas e tratamento.

Bruxismo é uma desordem funcional que se caracteriza pelo ranger ou apertar dos dentes durante o dia ou, mais comumente, durante o sono. De acordo com o período em que acontece, se divide em bruxismo em vigília (acordado) e bruxismo do sono

Bruxismo em Vigília

No bruxismo em vigília, a pessoa permanece por longos períodos apertando ou encostando os dentes, principalmente em momentos de tensão, estresse, nervoso ou até mesmo quando está concentrada lendo um livro, estudando, usando o computador ou assistindo TV. O bruxismo em vigília pode também aparecer como efeito colateral de algumas medicações, sobretudo medicações utilizadas no tratamento da ansiedade, mal de Parkinson e outros problemas motores, o que não é tão comum.

Bruxismo do Sono

O bruxismo do sono (BS) é considerado um distúrbio de movimento relacionado ao sono. Neste tipo de bruxismo, é mais comum o ranger de dentes, o que não ocorre durante toda a noite, mas vem em crises, principalmente nas fases de sono mais leves.

O BS pode ser primário ou secundário. O primário não está relacionado a nenhuma outra alteração, já o secundário está relacionado a medicações como inibidores seletivos da receptação de serotonina (fluoxetina, paroxetina, venlafaxina), problemas neurológicos ou distúrbios respiratórios do sono (como ronco ou apneia). 

Sintomas

Os sinais e sintomas de bruxismo costumam incluir o ranger ou apertar os dentes, dentes achatados, fraturados, lascados ou soltos, esmalte dental desgastado (expondo camadas mais profundas do dente), aumento da sensibilidade dentária, dor na mandíbula, dor de cabeça e recuos de língua.

Tratamento

Após consultar um cirurgião-dentista, este consegue tratar as consequências do bruxismo, sendo o mais indicado a utilização de placas de mordida quando há desgaste dos dentes ou dores faciais e de cabeça relacionadas.

As placas de mordidas são aparelhos feitos de acrílico, colocadas sobre os dentes que tem com função principal proteger o desgaste dos dentes, aliviar as articulações temporomandibulares (localizadas a frente dos ouvidos) e relaxar a musculatura, aliviando as dores na região mandibular. Também podem ser indicadas para pacientes que possuam dificuldades para abrir a boca, travamento e estalidos.